Opa!! Tem Algo de Errado…

elevador de vidro

SOBE ou DESCE!? ELEVADOR COMPLETAMENTE DE VIDRO

O Willis Tower, em Chicago, um dos maiores arranha-céus dos Estados Unidos, chama a atenção pela imponência e altura, mas o destaque mesmo fica por conta dos seus elevadores panorâmicos totalmente transparentes. São quatro cubos retangulares de vidro suspensos que chegam a mais de 400 metros de altura.
Os elevadores têm 3 metros de altura por 3 metros de largura. Suportam até 5 toneladas e foram especificados com vidros multilaminados que somam quase 40 mm de espessura.
A inexistência de qualquer tipo de suporte visível, a 410 metros de altura, gera uma sensação estranha.
Apesar dos robustos parafusos fixando painéis de vidro de 680 quilos, e que suportam até 4.500 quilos, fica difícil manter a calma em uma caixa de vidro que se projeta além da fachada do prédio mais alto do Ocidente.
São quatro elevadores retangulares de vidro suspensos que chegam a mais de 400 metros de altura.
Montados sobre trilhos, eles permitem que sejam puxados para dentro, para limpeza e manutenção.
Acrescentadas ao Skydeck em 2009, os elevadores panorâmicos foram construídos pela mesma equipe responsável pela Torre.

História do Elevador

200_f8

Em 1500 a.C, os egípcios já utilizavam rudimentares elevadores para elevar as águas do rio Nilo, através de tração animal e humana. A partir daí, com a Revolução Industrial, principalmente, essas formas de tração foram sendo substituídas pela energia do vapor e logo após, pela eletricidade.
Em 1853, o empresário americano Elis Graves Otis inventou o primeiro elevador de passageiros. Os primeiros elevadores eram muito lentos; para um passageiro alcançar o oitavo andar de um prédio, levava em média 2 minutos. Atualmente, alguns elevadores são capazes de atingir a velocidade de 550 m/min, o que significa dizer que são mais de 45 vezes mais rápidos do que os seus antecessores.
Os elevadores brasileiros começaram a ser fabricados em 1918. Era o cabineiro, girando uma manivela, que fazia com que o elevador subisse ou descesse. As portas eram abertas e fechadas manualmente.
Com a construção de edifícios mais altos, o transporte movido à manivela foi substituído por sistemas elétricos mais complexos que dispensavam o serviço dos cabineiros. Hoje em dia, os elevadores contam com modernos sistemas, que permitem grande conforto e segurança aos usuários.